Benzema salva no fim, Rodrygo marca e Real dispara na liderança

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) – O confronto entre Real Madrid e Sevilla, válido pela 32ª rodada do Campeonato Espanhol, teve altos e baixos de ambos os times e o placar terminou 3 a 2, neste domingo (17), para a equipe de Carlo Ancelotti, que foi para o intervalo perdendo por dois gols.

Benzema, principal jogador do Real na temporada, garantiu o triunfo da equipe merengue nos acréscimos. Os brasileiros Rodrygo e Vinicius Junior também tiveram atuação de destaque, com direito a gol do ex-jogador do Santos.

O Real Madrid lidera o torneio com 75 pontos, 15 à frente do Sevilla, que estaciona na quarta colocação. O Barcelona, que ocupa a segunda colocação com 60 pontos, entra na rodada nesta segunda-feira (18) contra o Cádiz, no Camp Nou.

O próximo confronto do Real é contra o Osasuna, no próximo dia 20, também válido pelo Campeonato Espanhol. Além da campanha positiva na La Liga, a equipe de Madrid está na semifinal da Liga dos Campeões. O time enfrenta o Manchester City, que eliminou o Atlético de Madri nas quartas de final.

Jogando em casa e precisando da vitória para continuar na briga pelo título, o Sevilla foi pra cima do adversário e abriu o placar aos 20 minutos do primeiro tempo. O meia Rakitic cobrou falta com precisão e acertou o canto direito do goleiro Courtois.

O gol mexeu com o Real, que se desorganizou defensivamente. Quatro minutos depois os mandantes fizeram o segundo gol, desta vez com o argentino Lamela, que aproveitou a sobra após dividida entre Courtois e Corona.

A etapa inicial foi controlada pelo Sevilla, que conseguiu gerar chances de gol e impedir que o Real fosse perigoso. As chances do líder do campeonato ou foram travadas ou estavam em posição irregular.

O líder do campeonato diminuiu o prejuízo poucos minutos após o início do segundo tempo. Vini Jr. começou a jogada e deixou para Carvajal, que cruzou para o brasileiro Rodrygo finalizar bem e marcar o primeiro gol merengue.

O Real melhorou bastante no segundo tempo e pressionou o Sevilla a ponto de empatar o jogo. Porém, o árbitro anulou o lance alegando que o brasileiro usou o braço para dominar a bola. Ele manteve a decisão após rever no VAR.

Os visitantes enfim chegaram ao empate: aos 36 minutos, o zagueiro Nacho aproveitou passe de Carvajal para bater rasteiro e deixar o jogo 2 a 2.

O segundo tempo foi realmente do Real Madrid, que conseguiu a virada com o atacante Karim Benzema nos acréscimos do segundo tempo. O atacante francês aproveitou assistência de Rodrygo para finalizar e deixar o clube merengue mais perto do título espanhol.